Imagem

E o domingo acordou luminoso de um sol leve e sereno… A manhã entrava pela varanda e desenhava danças pelo chão, pela parede e pela mesa que nos acolheu.

Mulheres, meninas, mães, lobas… em roda, compartilhando das suas verdades e sonhos. A cumplicidade dos anos vividos juntos, o olhar que abraça sem julgamentos tão diferentes femininos jeitos de ser/saber.

Momento raro, de poesia, de amor puro, de mulheres tecendo uma colcha de retalhos com seus ossos recolhidos, seus sonhos doloridos, suas risadas brincantes, suas mãos esvoaçantes.

Que esse encontro inspire nosso amor em todas as direções!

Anúncios