calvin2

Ri-se no metrô a menina que espera nada da chuva que garoa leve, que venta dentro.

O dia se fez de azul, a tarde carrega um banho, as poças da avenida são lagoas divertidas.

Fica-se.

(estou lendo todos os livros do Calvin… e rio no ônibus, no metrô, antes de dormir, enquanto espero…)

Anúncios